De Young – Turistando na Califórnia 8/40

O Golden Gate Park é um parque enorme. Sempre que Rafael e eu vamos lá, nós andamos um pouquinho, tomamos sorvete e vamos visitar alguma atração. Nós já conhecemos a California Academy of Science, o Japanese Tea Garden, o moinho holandês e o Jardim Botânico de San Francisco. Tudo isso fica dentro do Golden Gate Park ;). Aí, para melhor aproveitar o domingo no parque, nós resolvemos fazer uma coisa nova: visitar o museu De Young 😀 (o museu de arte mais fantástico da cidade).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAScreen Shot 2014-12-05 at 11.41.12 AM

Nós curtimos bem a tarde, brincando com os folhetos da antiga exposição (Modernism from the National Gallery of Art: The Robert & Jane Meyerhoff Collection), olhando as coleções de arte da Oceania, da África e pinturas americanas. Infelizmente, não chegamos a conhecer o SFMOMA, pois o museu está passando por uma reforma interminável, então, por enquanto, o De Young é o nosso queridinho <3.  

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Passar a tarde num museu legal é igual a passar a tarde em Itapuã <3. Você pode relaxar no café, andar pelas galerias, fechar os olhos e ver algo que não tem tamanho. Nós tiramos até uma foto de um casal falando de amor (em Itapuã)! Hahaha, sei que estou exagerando, mas talvez seja apenas saudade do oceano Atlântico :*.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Já deu para perceber que nós adoramos um museu, né? Estamos até cogitando em alugar um carro para visitarmos Charles M. Schulz Museum em Santa Rosa :). Dizem que o museu é enorme e perfeito. Tem até uma estátua de Charlie Brown na entrada <3.  Espero que gostem do post! No próximo, tentarei falar de alguma rua legal da cidade para variar um pouco! 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OBSERVAÇÃO: A foto da fachada retirei daqui, pois esquecemos completamente de bater :(.

Cartoon Art Museum – Turistando na Califórnia 7/40

Odeio deixar o blog sem atualizar, mas foi por uma boa razão. Nós nos mudamos para um apartamento em São Francisco na semana passada e, como era de se esperar, foi tudo muito corrido. Depois irei escrever um post só sobre nossa casa nova :D.

No domingo estávamos com preguiça, mas queríamos curtir o nosso primeiro final de semana na cidade mesmo assim, então fomos ao Cartoon Art Museum que é bem pertinho da nossa casa. Descobrimos o museu por acaso andando pela Mission Street. Agora que estamos morando em São Francisco fica mais fácil explorar seus cantinhos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Cartoon Art Museum é um museu galeria. Pequenininho, mas bem interessante <3. Para entrar, tem que pagar $8. Entretanto, como agora tenho uma carteirinha de estudante :P, ganhei desconto. Se eu tivesse esperado até a terça-feira, poderia escolher quanto pagar (pay what you wish day) Na verdade, a primeira terça do mês é o dia para se visitar museus em São Francisco, pois a maioria é FREE!!!

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nós vimos quatro exibições. Todas eram bem legais, mas nós gostamos mais da primeira e do acervo permanente. A primeira exposição, “Slinging Satire: Masters of  Political Cartoons”, é uma mostra de quadrinhos recentes que satirizam, alfinetam e ferem os políticos conservadores. Nessa exposição você verá cartoons de ganhadores do Pulitzer como Mark Fiore, David Horsey, Matt Wuerker, entre outros :D.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

A segunda exposição, “Stranger than Life: The Cartoons and Comics of M.K. Brown”, apresenta uma retrospectiva dos cartoons de M.K. Brown. Ela é considerada uma das cartunistas mais engraçadas das últimas quatro décadas. Eu não conhecia o trabalho de M.K. Brown, mas adorei a exposição. Bateu uma saudade de Aloísio (um amigo que adora cartoons)… se eu estivesse no Brasil perguntaria sobre ela e ele provavelmente contaria alguma história engraçada :P.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A terceira exposição, “Small Press Spotlight on Ben Seto”, é uma vitrine japonesa inspirada nas tartarugas ninjas e cheia de Skullbunnies. Nós vimos ainda os esboços originais das tartarugas ninjas <3. Particularmente, eu acho os Skullbunnies bem mais legais!!!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Depois nós nos emocionamos com o acervo permanente. Abri o sorrisão, sentei no chão e disse “quero uma foto”. Peanuts, Calvin e Haroldo, Garfield, Popeye, Denis (O Pimentinha), mulher maravilha… estavam na parede para alegrar o nosso dia. A nossa infância numa parede é fofura demais!

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nós vimos a quarta exposição com pressa, sendo assim NO PHOTOS :P. “The Art of The Boxtrolls” desnuda o trabalho artístico do filme “The Boxtrolls”. É bem legal!!! Linda, linda!!!

Por fim, passamos na lojinha do museu. Eu sempre faço isso, mas nunca compro nada. Dessa vez eu dei sorte… enquanto me distraía com os quadrinhos, Rafael comprou um livro lindo sobre desenho para mim… saí do Cartoon Art Museum com um sorrisão. Melhor final de domingo, impossível… :D.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Point Lobos – Turistando na Califórnia 5/40

Quando tomo iogurte de baunilha ou viajo para alguma cidade bonitinha lembro da minha mãe ❤ involuntariamente. No final de semana, eu e Rafael decidimos botar o pé na estrada 😀 e em cada parada eu sorria junto com ela. A viagem foi linda, mas como Rafael não tem carteira de motorista… era eu quem estava dirigindo, ou seja, medo de morrer a cada curva :P.

No sábado nós alugamos um carro e partimos em direção a Monterey, uma cidade situada na costa da Califórnia Central. Não passamos muito tempo lá porque a grande atração era a reserva Point Lobos, mas deu tempo de almoçarmos mariscos no Fisherman’s Wharf e tirarmos algumas fotos do centro da cidade e da praia.

MontereyMontereyMonterey

Point Lobos é uma reserva estadual localizada após a entrada de Carmel-by-the-sea (assunto para o próximo post 😉 ). Trata-se de um museu ecológico que abriga mais de 500 espécies de plantas, pássaros e outros animais. Os habitantes mais famosos são os leões marinhos. Os seus latidos roucos fazem lembrar lobos… daí o nome Point Lobos. O visitante da reserva pode andar pelas trilhas, nadar em algumas praias, ver a ilha dos pássaros, escutar os sons da vida, ver os leões marinhos etc. Dizem que Point Lobos é o melhor local para ver o encontro do mar com as rochas na Califórnia. A reserva é realmente perfeita :D.OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nós adoramos passar a tarde na reserva, curtindo a vida que habita aquela região :D. Algumas trilhas beiram o mar, outras cortam os bosques nativos. Infelizmente, chegamos por lá depois das 3 da tarde e não tivemos tempo de explorar as trilhas menos famosas. Foi tudo bastante agradável… seria melhor apenas se nós tivéssemos nos organizado melhor e trazido água e uns lanchinhos.

Point Lobos ReserveOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAPoint Lobos Reserve

No final quando nós estávamos voltando para o carro, após termos andado horrores sem água para ver a ilha dos pássaros ❤ , nós vimos algo parecido com um bebedouro e nos arriscamos :D. A água parecia de poço, mas estava deliciosa. Rafael, infelizmente, não bebeu muito porque um enxame de abelhas estava ameaçando atacar. Até hoje não sabemos se a água era própria para o consumo humano. Mas cá estamos nós vivos :P.

Observação: para entrar na reserva a pé não precisa pagar nenhuma taxa. Nós pagamos $10 apenas porque queríamos entrar com o carro, mas tem gente que deixa o carro fora da reserva e vai a pé. Fica a sua escolha.

Point Lobos Reserve - Ilha dos pássaros

2014-10-04_18-23-09No próximo post da série falarei sobre Carmel-by-the-sea e contarei o resto da viagem! Sei que acabei demorando para postar algo, mas essa semana foi bem atribulada com prova de inglês, aulas, show de Lily Allen, visita do Brasil, etc. Eu já estava até ansiosa para postar, pois as fotos de Rafael estão lindas ❤ demais.

Legion of Honor e Cafe Jacqueline – Turistando na Califórnia 4/40

No sábado nós fomos ao Sutro Baths (Veja aqui).  Depois nós caminhamos até o museu Legion of Honor de São Francisco. Como nós chegamos tarde, acabamos entrando de graça. Há quem diga que o bom da vida é de graça e ache graça quem quiser achar <3. A regra do museu é a seguinte: quem chega depois das 16h30min entra de graça, mas o museu fecha às 17h15min.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEu e Rafael chegamos um pouco antes das 16h30min, mas ficamos tirando algumas fotos do ambiente externo :D.  O que foi muito agradável, pois estava tendo um concerto no museu e de fora nós escutávamos aquele som lindo. Parecia que algo bem neoclássico estava no ar e no horizonte. O museu fora construído pelo arquiteto George Applegarth no modelo do Palais de la Légion d’Honneur de Paris, por isso qualquer semelhança não é mera coincidência.OLYMPUS DIGITAL CAMERA Joguei na porta do museu toda pompa. É… na porta do museu, eu levei uma queda (não sei como), meu vestido rasgou e eu tive que colocar um casaco para tampar o buraco que fora feito nas costas. Um verdadeiro mico. Acho que Rafael só não gargalhou ou riu porque ficou preocupado e com pena :P.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO museu com diversas salas apresenta um acervo cheio de pinturas européias, objetos decorativos, obras de Rodin etc. Como nós tínhamos apenas quarenta e cinco minutos vimos tudo com muita pressa e sem tirar muitas fotos. O que mais chamou a nossa atenção foi a coleção de esculturas de Rodin, a terceira maior do mundo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A gente foi ao museu depois do passeio do Sutro Baths (eu já falei, né?)… sem planejar muito. Por causa disso, acabei não vendo, pois nem sabia, uma exposição chamada Matisse and the Artist Book :(. Mas a tristeza dura pouco, já que tenho dez dias para voltar lá, pois a exposição é até dia 12/10!!!Screen Shot 2014-11-09 at 7.59.21 PM

À noite fomos jantar no Cafe Jacqueline. O restaurante mais romântico da cidade. Eu era doida para conhecer o Cafe Jacqueline <3, mas nunca tive sorte. A reserva tinha que ser feita com antecedência. Antes de chegar em São Francisco (para morar), eu disse: “A comemoração tem que ser feita no Cafe Jacqueline”. Então, no sábado nós, finalmente, conseguimos comemorar a minha chegada!!!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

O cafe Jacqueline é um restaurante francês onde há flores, velas e garçons “bigodudos”.  Lá reinam os Soufflés. Há soufflés de cogumelos, brócolis, aspargos, roquefort, milho branco com gengibre e alho, frutos do mar etc. Nós pedimos uma sopa de cebola de entrada, pois o prato principal demora duas horas para ficar pronto, já que na cozinha só é permitida a entrada de dona Jacqueline. Você pode até olhar a cozinha e ver dona Jacqueline trabalhando, mas nada de fotos ou qualquer tipo de ajuda. Ela faz o trabalho todo sozinha!!!

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA
Nós nos divertimos muito!!! E no final… chegou nosso soufflé gigante de chocolate. Detalhe: você tem que pedir a sobremesa junto com o prato principal para dar tempo de ficar pronta :D. É isso!! O cafe Jacqueline é cheio de mistérios!

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA