Paris 02/03

Rafael e eu deixamos para ir ao Arco do Triunfo à noite (umas 22 horas). Nós queríamos ver o pôr do sol e evitar fila. A vista do arco é linda, nós fizemos uma boa escolha. É um ótimo local para ver o sol se pondo e transmitir ondas de amor. Enquanto Rafael ficou batendo algumas fotos, eu fiquei observando! Ele olhava através da lente da câmera e eu da lente dos olhos <3.
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Depois de dormirmos um bocadinho, acordamos querendo ir ao Centre Pompidou ( o maior museu de arte moderna da Europa ❤ ). Eu queria abrir os olhos e ver o céu azul de Kandinsky. E acabei vendo muito mais!

Logo que entramos vimos uma aula de arte para crianças. O professor explicava as cores do quadro de Chagall, o significado, as pinceladas e as crianças perguntavam e faziam observações. Nós achamos isso a coisa mais linda! O interesse das crianças, o silêncio observador e a aula diante dos quadros reais… nos tocou. Eu fiquei espiando e tentando entender algo com o meu francês enferrujado.

Andando mais pelo museu vimos obras de Duchamp, Miró, Modigliani, Matisse, Chagall, Francis Bacon, Kandinsky etc. Aí, não teve como o coração não se lembrar dos livros de arte que li um dia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Assim que saímos do museu fomos almoçar num restaurante chamado Le Comptoir De La Gastronomie.

Cheios e felizes, nós fomos andar pela região da Notre-Dame (Île de la Cité). Decidimos entrar na Sainte-Chapelle e esperamos mais de 40 minutos na fila. Isso foi desanimador. A igreja é bem gótica, cheia de vitrais e de gente :(. Era tanta gente que dava agonia. Os vitrais são lindos, mas nós saímos rapidamente. Depois de 40 minutos com a cabeça debaixo do sol, esperávamos ver algo mais grandioso. Algo que nos fizesse desmaiar, rs!

Querendo escapar de todos, fugimos para La Conciergerie. Uma prisão gelada, escura e cheia de história. Durante a revolução francesa, Maria Antonieta ficou presa lá.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Antes de partirmos para o Pantheon, nós pegamos as bicicletas e resolvemos dar mais uma volta pela Île de la Cité (o ❤ de Paris). Um breve “até logo” para depois irmos pedalando com calma até o Pantheon.

Nós deixamos as bicicletas perto do Jardim de Luxemburgo, cruzamos o jardim a pé e fomos procurar algum lugar para tomar sorvete. Quando vimos uma vendinha da Amorino, ficamos felizes. Era como ver água no deserto. Tomamos o sorvete sentados num batente 😀 que nem dois adolescentes.

Pulando e saltitando, entramos no Pantheon para sentirmos na pele a grandiosidade do lugar. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No final da tarde ou início da noite, nós fomos para Montmartre e tivemos uma noite cheia de desaventuras.

No Cafe des deux Moulains, a nossa máquina pifou. Para completar o famoso crème brûlée do lugar era bem comme ci comme ça (mais ou menos). Fomos numa FNAC para ver se tinha alguma solução para a nossa câmera ou se tinha alguma outra câmera boa. Saímos com as mãos vazias. No metrô, eu tomei uma multa (história longa, hahaha). E jantamos num restaurante ruim de doer!

Voltando para casa, Rafael me consolou. Ainda tínhamos a máquina pequena e mais três dias lindos em Paris! E para quem já perdeu um passaporte quando estava viajando sozinha… uma noite com poucas desaventuras é bobagem <3. No apartamento, nós rimos e assistimos um pouco de tv para relaxar.

2015-06-04_10-01-43

Paris 01/03

Na era do Orkut, escrevi no campo encontro perfeito que o meu encontro perfeito seria debaixo da Torre Eiffel, comendo acarajé, tomando coca-cola e ouvindo rock baixinho :P. Eu sabia que seria difícil combinar tudo isso, mas quando você é uma guria, você quer ser engraçada e só. Quando nós soubemos que iríamos para Paris ❤ juntos, eu bolei vários encontros perfeitos ou imperfeitos ou semi-perfeitos e esqueci do que escrevi no campo do Orkut há dez anos atrás. Seria engraçado tentar encontrar acarajé em Paris para levar para debaixo da torre, hahaha. Rafael iria me odiar!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quando Rafael me contou da viagem, eu dei pulinhos de alegria e fiquei emocionada. Eu iria voltar à Paris, conhecer Londres e comer muitos docinhos com ele do meu lado. Fiquei ansiosa e tentei planejar tudo como uma pessoa normal, mas nós não somos normais. Nossos planos nunca dão certo. O dia que planejei fazer o roteiro de Amélie Poulain (Sacré-coeur, Café des Deux Moulins, Monmartre, etc) foi o dia que deu tudo errado. Aí, é melhor ir seguindo tudo de um modo louco e divertido <3. E foi isso que nós fizemos.

Rafael chegou uns três dias antes de mim e já foi passeando. Ele tirou várias fotos legais da cidade, descobriu a Vélib’ (um sistema público de bicicleta) e pedalou muito. Quando eu cheguei, nós pedalamos juntos e quase não andamos de metrô. É muito fácil e divertido andar de bicicleta em Paris. Eu sou uma péssima ciclista e sobrevivi sem passar sufoco :D. Quando você anda de bicicleta lá, você vive um filme, sem precisar seguir roteiro. Você sente o vento no rosto, ri, comenta sobre os prédios da cidade gritando para o outro escutar, buzina para mandar beijinhos <3, olha para trás para saber se o outro está vivo, chega do lado para segurar as mãos e entra em cada rua diferente.

Nesse dia, nós acordamos cedo e saímos para tomar café da manhã na rua. Nosso cardápio era: croissant, tortinha de laranja, suco de laranja e palmier. Nós ficamos num AP que alugamos pelo Airbnb perto do Louvre e tinha muitas patisseries  por perto. Depois, nós pedalamos até a Ópera  e passamos a manhã quase toda lá dentro. Ficamos encantados. Não tinha como ser diferente: a cúpula era pintada por Marc Chagall! Depois coloco as fotinhas da cúpula <3. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Depois do almoço andamos pela região da ópera, pegamos as nossas bikes e fomos para La Madeleine. Antes de entrarmos na igreja, nós fizemos uma parada obrigatória na Ladurée e compramos nossos macarons <3.  Sentados na escadaria da igreja, devoramos todinhos. Estavam deliciosos. Ainda bem que aqui em San Francisco tem uma patisserie chamada Chantal Guillon que vende macarons perfeitos para eu não ficar desejando!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Como nossa vontade de pedalar era grande, fomos até o canal Saint Martin. Nós queríamos um final de tarde relaxante e cheio de amor <3. Nós gostamos de sentar para papear um pouquinho. Então, sentamos na beira do canal e ficamos observando o tempo passar! Vimos várias pessoas tomando vinho, estudantes se jogando na água e velhinhos lendo jornal sentados num banco verde. Foi tão legal <3. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Voltamos de bike e paramos por várias ruelas lindas <3. À noite, nós jantamos e fomos no Arco do Triunfo. Vimos o anoitecer da cidade e foi maravilhoso.  Vou deixar para comentar mais sobre o arco e colocar fotos no próximo post porque este já está bem longo! Abaixo, deixo uma foto de uma ruela linda que passamos no meio do caminho. No meio do caminho tinha uma ruela, tinha uma ruela no meio do caminho! Espero que gostem do post ;). 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Londres 3/3

Estava enrolando para escrever o último post sobre Londres. Foram vários passeios, risos, fotos, museus, momentos inesquecíveis, etc que ficou difícil de escolher. E como sou bastante indecisa, fico procrastinando. Aí, enquanto existe o incerto amanhã… Eu deixo o verão para mais tarde, eu deixo o post para mais tarde, eu deixo tudo para mais tarde. Mas hoje resolvi acordar 😀 e terminar os meus relatos. Essa decisão aconteceu quando lembrei que em Londres o sol acordou para a gente e deu um bom dia maravilhoso <3.
OLYMPUS DIGITAL CAMERANós acordamos tarde e com preguiça sabe? Dias de férias são preguiçosos. Rafael não estava de férias, mas era um dia de passeio (sábado ou domingo ou sei lá). O fato é que acordamos lentamente como quem quer morar na cama do hotel para sempre. Vai ver era o nosso sonho de criança falando alto, dizendo que morar num hotel era algo maravilhoso, mas nem todos os hotéis são como O Grande Hotel Budapeste, lembrei e me levantei.

Depois de tanto enrolar, nós saímos e vimos Londres ensolarada. Decidimos rodar pela região da Tower Bridge e da Tower of London. Então, nós fomos andando até a ponte mais linda da cidade, passando antes pela Tower of London <3. Tudo era tão lindo e agradável que cruzamos a ponte felizes, tirando fotos e observando os detalhes. Do outro lado da ponte, deitamos na grama do Potter’s Field e tomamos banho de sol.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADepois do banho de sol, nós passamos no Borough Market para comprar algo delicioso para comer. Logo que cheguei na região do mercado vi a loja da Konditor & Cook e comprei uma fatia de torta Plum & Almond Crumble e um brownie de chocolate e framboesa. Rafael devorou o brownie ❤ e a torta ficou por minha conta. Estavam perfeitos! Depois que comemos várias coisinhas, voltamos para Potter’s Filed e tiramos mais fotos da região. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERANós nos despedimos da região com vontade de retornar ❤ e retornaríamos sem saber à noite. Pela tarde, nós visitamos o British Museum e andamos pela cidade. No British Museum, vimos a Rosetta Stone (Pedra de Roseta), a múmia de Cleopatra de Thebes, etc. Eu adoro ir aos museus com Rafael, ele sempre faz comentários interessantes.  Depois, nós caminhamos sem lenço e sem documento para aproveitar o clima bonito. O clima de uma Londres alegre, cheia de shorts curtos e camisetas. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe noite, passamos pela Saint. Paul’s Cathedral ❤ e tiramos várias fotos. Que catedral impressionante e cheia de história. Rafael está lendo um livro chamado A People’s History of London e fica me contando coisas interessantes que aconteciam nela. Como estávamos pertinho do hotel, nós voltamos para tomar um banho e trocar de roupa. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo era a minha despedida de Londres, nós jantamos num lugar bem legal chamado Burguer & Lobster. Rafael pediu a lagosta inteira e eu pedi o sanduíche de lagosta. Tudo era muito gostoso, os molhos, a salada, o pão, a manteiga, a lagosta, etc. Eu fiquei apaixonada, querendo voltar <3. Rafael que ficou ainda em Londres pôde voltar. Eu passei apenas 6 dias em Londres, então tive que correr mais. Mas mesmo assim deu tempo de assistir ao musical Os miseráveis, ir ao museu de História natural, andar com calma, ir ao coral de jazz, comer várias tortas inglesas, etc. 

À noite, Rafael e eu namoramos Londres. Andamos apreciando a sua beleza. Ele ❤ com a sua câmera conseguiu captar a beleza noturna da cidade. Suas fotos ficaram tão perfeitas que ele ganhou vários beijinhos. Desde que ele começou a estudar fotografia, eu tenho recebido os melhores presentes. Eu brinco dizendo que ele é o fotógrafo amador mais profissional que existe.  

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERADizer adeus, caminhando pelas suas pontes, foi lindo! Eu amei Londres com seus mistérios, musicais, alegria, pubs, história, etc. Espero que gostem do último post da série.

Londres: 2/3

Londres é uma cidade cinzenta, cheia de pompa, parques, guardinhas e cabines telefônicas <3. Ela é linda, mas não se mostra fácil. Você tem que percorrer para achar o colorido. Dentro de Londres parece ter uma cidade underground com seus Sherlocks Holmes andando de terno escondidos atrás dos brasões da realeza. É uma cidade meio soturna, sabe? O Big Ben e o Parlamento de noite são bem sinistros e lindos. Parecem até com Hogwarts. Tem aquela iluminação do mundo dos bruxos, sei lá. Rafael e eu ficamos tão empolgados quando vimos o prédio do Parlamento que não resistimos, nós entramos e assistimos à uma sessão parlamentar. Foi tudo por acaso, nós apenas queríamos perguntar como fazia para entrar e em  menos de dois minutos já estávamos dentro <3.  

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nós até que tiramos fotos do interior do prédio, mas infelizmente elas só irão servir de recordação, pois não ficaram boas para postar aqui :(. É que nós tiramos bem poucas, sabe? Tinha muito segurança dentro, tinha parte do prédio que não era permitido e para completar nós estávamos com a câmera pequena :P. Essas fotos da parte externa foram tiradas em outro dia quando passamos pelo prédio novamente. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Além de babar o Parlamento e o Big Ben, fizemos várias outras coisas neste dia como andar pela região do Museu de Londres  <3. O Museu de Londres é bem histórico e dinâmico, tem umas salas-cenários que reproduzem a atmosfera, a mobília, o som etc da era vitoriana. Eu fiquei perdida e toda apaixonada lá. No começo, eu pensei que só seria mais um museu, mas na verdade é um museu bem legal.  Não irei colocar fotos do museu porque a fachada dele não é tão interessante :/. Uma pena!   

OLYMPUS DIGITAL CAMERARafael e eu andamos tanto que só paramos para comer num restaurante chamado The Fat Bear perto da St Paul’s Cathedral. O restaurante era maravilhoso ❤ , a comida estava deliciosa e bem apimentada e até o ambiente era gostoso. Embaixo dele tem um Pub muito charmoso e espaçoso. Como nós somos bem velhos por dentro… gostamos de Pubs espaçosos, rs!  Sem muito barulho de juventude :P. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quando deu dez horas da noite, nós resolvemos atravessar uma das várias pontes de Londres para conhecermos o outro lado da cidade. Tudo estava fechado, menos os bares e alguns restaurantes, mas mesmo assim foi legal andar por aquelas ruas à noite. A vista era linda e tinha um encantamento no ar. Voltamos para o hotel no ônibus vermelho de dois andares :D, voltamos sorrindo. Voltamos, desejando mais Londres! Mas era preciso dormir para poder acordar :D.

Espero que tenham gostado do Post! Até o próximo!  

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Londres: 1/3

Eu andei ausente o mês de Junho quase todo porque Rafael e eu estávamos viajando. Tudo foi meio sem planejamento, mas foi tão perfeito <3. Foi a nossa primeira vez juntos na Europa, não tinha como ser diferente.

O mês de Junho foi tão lindo que até o seu restinho está sendo bom. As aulas começaram e eu estou fazendo várias ilustras no Illustrator :D. A única coisa ruim do mês é que não desenhei. Eu até rabisquei algo, mas não conta. Como não desenhei, nem passeei pela Califórnia, vou postar sobre a viagem.  

Ah, nós viajamos para Londres e Paris e eu vou fazer três posts para cada cidade para não ficar muito chato ;). 

Nós chegamos em Londres à noite e fomos direto para o hotel. Quando acordamos tomamos um English Breakfast muito engraçado com feijão doce, ovos, linguiça, tomate e chá.  Se minha mãe colocasse feijão para mim no café da manhã, eu pensaria que ela tinha enlouquecido… mas inglês pode !

Depois, nós fomos passear pela cidade. Começamos pela região da  Trafalgar Square, entramos na National Gallery e batemos muita perna, pois andar pela cidade é muito fácil. Além disso, a maioria das atrações da cidade é free.  Então é só sair andando e entrando nos lugares 😛 .

A National Gallery é uma fofa! Cheia de quadros ❤ interessantes e importantes. Lá você encontra obras de Leonardo da Vinci,  Caravaggio, Monet, Van Gogh etc. Ao lado da Galeria, tem uma igreja chamada St. Martin in the Fields toda bonitinha. Nós assistimos um coral de Jazz nela :).  Você pode conferir a programação da igreja aqui. E na frente da Galeria, fica a Trafalgar Square! 

Nós tiramos, ou melhor, Rafael tirou muita foto da Trafalgar Square <3. E depois, fomos andando sem rumo, demorando muito, pois tínhamos dias suficientes para fazermos tudo no passo do elefantinho.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Após, andar muito e parar no parque St. James para descansar, nós caminhamos até o Convent Garden. E lá, vimos o Food Truck mais lindo do planeta <3. Olha essa plaquinha com o nome do Brazil!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Acabamos o dia na Ladurée do Convent Garden com uma torta de chocolate e um milkshake de morango ❤ deliciosos. Espero que tenham gostado das fotos e do post!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Chateau Montelena – Turistando na Califórnia 10/40

Todo mundo com a máquina fotográfica na mão e eu só com o sorrisão aberto :). Napa Valley é realmente uma região linda e cheia de cidades interessantes, tais como: Calistoga, Yountville e Napa. Durante a nossa viagem, nós dormimos e jantamos em Napa, tomamos cappuccino em Calistoga, almoçamos todos os dias em Yountville e passeamos muito pela região <3. Tudo foi adorável, tanto que Rafael e eu queremos voltar na primavera para apreciar a vista do vale toda florida. 

A ideia de ir para Napa foi de Mainha. Ela adora um bom vinho, então não poderia deixar de conhecer Napa Valley. A região tem mais de 150 vinícolas, segundo o Califórnia Wine Institute, então para escolher as vinícolas eu fiz “uni, duni, tê… salamê minguê… a escolhida foi você”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Com um pouco de pesquisa e sorte, nós decidimos visitar o Chateau de Montelena. Nós não sabíamos que o vinhedo era um dos mais antigos da região, nem que ele tinha aparecido no filme O julgamento de Paris. A única coisa que eu sabia era que tinha um jardim lindo chamado Jade Lake.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O jardim era tão bonito e o clima estava tão agradável que quase nos esquecemos dos vinhos :P. O que é quase impossível, pois é mais difícil achar um lugar para tomar café em Napa do que um lugar para degustar vinhos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Depois de muita procrastinação no jardim, nós fomos para a sala de degustação do Chateau. O casal pode pagar apenas por uma degustação e partilhar… é o que eu indico fortemente. Afinal, são seis taças com uns três ou dois dedos de vinho. Então, se você não quiser sair cambaleando como várias pessoas que nós vimos 😛 e ainda quer conhecer outras vinícolas…. aproveite para dividir!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Para a gente, o final de semana foi perfeito. Até quando o vinho não era bom, nós ríamos, pois mainha fazia umas caretas engraçadas :P. No próximo post falarei de Yountville <3. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

City Hall – Turistando na Califórnia 9/40

Nós já fomos várias vezes ao City Hall. A primeira vez que passamos na frente dele foi engraçado. Nós éramos turistas, estávamos perdidos em São Francisco  e vimos um prédio lindo. Um transeunte estava passando e Rafael resolveu perguntar o era aquilo. Era um museu? Uma casa de ópera? Um teatro? Não, a pessoa respondeu, era o maldito lugar onde o prefeito diz que trabalha :P. Nós tentamos entrar, mas a prefeitura estava fechada, pois era domingo :(.  

IMG_2214Um dia nós finalmente conseguimos entrar. O prédio é realmente bonito, aí todo mundo fica tirando foto. Dizem que o City Hall fez parte do projeto arquitetônico City Beautiful Movement e tem a quinta maior cúpula do mundo. Além disso, tem vários casais se casando lá em qualquer dia do ano, então você sempre vai ver uma variação enorme de vestidos de noiva.  Alguns são engraçados até :P.  E no meio dos casamentos, dos turistas, você ainda encontra algum lugar para bater as suas fotos kkkk e tomar um café.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAVocê não vai demorar muito no City Hall, pois é como um museu vazio. O prédio é interessante, a escadaria é linda, a entrada é gratuita, a cúpula é impressionante e o busto de Harvey Milk habita algum dos salões, mas não tem quadros, nem esculturas etc. Então, depois de andar pelos agradáveis andares do prédio, nós fomos tomar chá no Crown & Crumpet – Tea Stop Café. O lugar é fofo e fica numa galeria em Japatown. Em todas as mesas tem um bule cheio de flores naturais <3.  A nossa tarde ficou leve e refrescante assim como uma xícara de chá.  

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA{Voltando ao City Hall} Depois que tiramos “um dia” para irmos conhecê-lo e tomar chá etc… pouco tempo depois, nós voltamos para participar de um casamento… aí, voltamos de novo para fazer a carteira de identidade da Califórnia.  E sempre que volto, acabo tirando algumas fotos por lá.  OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA